Você está pronto?

21/01/2016 12:07

São 23 novas legendas em andamento Brasil a fora o que isso pode mudar na sua vida política?

 

    Bem vamos avaliar, de forma bem democrática, sem levar em consideração a questão ideológica, pois essa habita o coração de cada um.

 

    Mais uma vez estaremos levando em consideração as informações que nos chegam de fontes mais pessoais, nossas pesquisas, afinal esse é o nosso dia-dia, além é claro do que sai veiculado na mídia.

    Tudo indica que pelo menos três novos partidos estarão registrados a tempo de participar das eleições de 2014, todos atentos para cooptar os insatisfeitos ou ainda aqueles que têm intenção de saírem vencedores de direito, do pleito em questão.

 

    Se você está atrelado a um grande partido isso pouco vai afetar a sua vida, pois estes têm seus candidatos normalmente vinculados ao espaço de poder bastante satisfatório, que abriga e em muitos casos, obriga a todos os beneficiários os sacrifícios necessários ao bem partidário, ou seja, o poder. Pra bom entendedor meia palavra basta!

 

    Agora se você tem mandato e seu partido não usufrui destes espaços de poder capazes de montar nominatas explosivas, comece a se preocupar.

 

    Os partidos pequenos e médios representam hoje em torno de 70% das bancadas estaduais e federais, em razão disso inclusive, a tão falada reforma política deve naufragar rapidamente.

 

    Bem é justamente neste universo político que devem acontecer a dança das cadeiras, pois se você está com mandato em algum partido com bancada, seja estadual ou federal é bom começar a fazer as contas de quantos votos precisaria para se reeleger, considerando é claro a dificuldade de montagem de um pacote político partidário atraente aos demais candidatos que nós chamamos nos corredores da política de “corpo” da chapa, pois estes logicamente vão procurar espaços nas legendas novas pois a princípio, teoricamente, poderiam concorrer de igual para igual com os demais candidatos.

 

    Outra possibilidade real será a migração de deputados com mandato para as novas legendas, já que pela lei estes tem 30 dias para efetuarem a mudança sem perder o mandato.

 

    Será interessante verificar que os nanicos podem ser completamente dizimados em alguns casos pela falta de credibilidade de seus dirigentes, sim, pois seus vereadores, por exemplo, poderiam fazer a migração e se candidatar no pleito de 2014, sem perder o mandato ou simplesmente fazer uma ponte, para em 2016, escolher o melhor caminho para suas vidas políticas sem perder ainda o mandato, pois quem pleitearia estes mandatos se os novos partidos obviamente ainda não têm suplentes?

 

    Uma última possibilidade me encanta, imaginem um prefeito de um grande município, talvez com 1 milhão de habitantes, que não é candidato a governador, porém seu partido é de oposição ao governo estadual e o mesmo tem candidato ao governo, já vimos este filme,

    Porém o mesmo precisa dos projetos estaduais e federais, a porta dos novos partidos se abrirão, como a “porta da esperança” para alguns, porém vai gerar 30 dias de pânico para outros.

 

    Lembre-se na coluna anterior falei da força de duas palavras, UNIÃO E CREDIBILIDADE,

Volto a elas apenas pra falar contigo que deseja ser candidato por um partido nanico, muito cuidado, verifique como estão sendo conjugadas estas duas palavras, veja como o seu presidente estadual costuma agir, qualquer dúvida nem espere os trinta dias aproveite esta porta, pois se você é um político do bem, nós precisamos de você, são em pessoas como você que reside a esperança de um dia vivermos em um país com igualdade social.

 

    Afinal     VOCÊ ESTA PRONTO! Então VAMOS A LUTA! 

 

Osmar Bria