INOVAÇÃO NAS ELEIÇÕES DE 2014.

03/06/2013 14:21

    As eleições em nosso País estão a cada dia se modernizando para acabarmos de vez com o fantasma da corrupção eleitoral e manipulação de votos, começamos com a implantação da urna eletrônica que é um sucesso e agora evoluímos para o cadastramento biométrico que é a votação feita pela leitura da digital, voz, formato do rosto e o formato da mão e afins, abaixo saberemos detalhadamente o que é biometria e cadastramento biométrico e o que levar quando essa inovação chegar ao seu município, fique atento para não ficar de fora.  

 

 

 

O Que é Biometria?

 

    Tecnologia que permite identificar uma pessoa por suas características biológicas únicas, ou seja, elementos corporais que tenham diferenças particulares como a íris, a retina, a impressão digital, a voz, o formato do rosto e o formato da mão.

A Justiça Eleitoral passou a utilizar essa tecnologia para identificar os eleitores por meio da impressão digital na hora da votação.

 

Cadastramento Biométrico.

 

O QUE É?

    Para tornar as eleições mais seguras e impedir que uma pessoa vote no lugar de outra, a Justiça Eleitoral está realizando o cadastramento biométrico dos eleitores de diversos municípios do Brasil. Com isso, no dia da votação, após a apresentação dos documentos, a identidade de cada eleitor será confirmada por meio do reconhecimento biométrico de sua impressão digital.

    No Estado do Rio de Janeiro, após o cadastramento biométrico do eleitorado de Armação dos Búzios, em 2009, agora é a vez de Niterói participar desse processo. De 29 de abril a 31 de outubro de 2013, todos os eleitores do município devem fazer o cadastramento biométrico, inclusive aqueles cujo voto é facultativo, como os menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos. Quem deseja transferir seu título de eleitor para Niterói ou reside nesse município e queira tirar o título pela primeira vez também deve comparecer ao cadastramento.

    Os eleitores que não atenderem à convocação da Justiça Eleitoral terão o título cancelado. Além de ficarem impedidos de votar nas próximas eleições, os eleitores com título cancelado não poderão tirar passaporte, prestar concurso público e obter empréstimos em bancos oficiais.

 

 

O QUE LEVAR?

    O eleitor deverá levar os seguintes documentos:

- Comprovante de residência atual;

- Documento de identidade;

- CPF (se possuir);

- O título de eleitor que vai ser trocado (se possuir).

- No caso de nova inscrição, os eleitores do sexo masculino entre 18 e 45 anos devem levar o comprovante de quitação militar, além dos demais documentos exigidos para o cadastramento biométrico.

 

    Gostaram da matéria?

    Entre em contato conosco pelo nosso site, esperamos você para um bate-papo bem especial.

 

Sem mais,

 

Wellington Rosa