Gilberto Carvalho vai continuar no governo, diz assessoria do ministro.

25/07/2014 17:50

A assessoria do ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, informou nesta sexta-feira (25) que ele vai continuar no cargo. Nas últimas semanas chegou a ser especulado no meio político que Carvalho deixaria o ministério para trabalhar na campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição. No entanto, segundo a assessoria, a permanência no ministério foi acertada após reunião com Dilma.

Ainda de acordo com a assessoria, mesmo no cargo de ministro, Carvalho vai, fora da agenda oficial, auxiliar na campanha. Além dele, outros ministros, como Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Relações Institucionais), continuam no governo, mas participam com frequência de reuniões de campanha no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.


Participam ainda das reuniões de campanha da presidente Dilma o ex-presidente Lula, o presidente do PT, Rui Falcão, o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social Franklin Martins, o marqueteiro João Santana e o ex-chefe de gabinete de Dilma Gilles Azevedo.

Principal interlocutor do governo federal com os movimentos sociais, Gilberto Carvalho deverá participar das decisões da campanha da presidente em questões relacionadas ao segmento, ao lado do sindicalista Jacy Afonso, coordenador de Mobilização Social da equipe de Dilma.

Gilberto Carvalho assumiu a Secretaria-Geral em 2011, no início do governo Dilma, após ter sido por oito anos chefe de gabinete do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de Carvalho, a pasta foi chefiada por Luiz Dulci, atualmente diretor do Instituto Lula.

Na última quarta (23), Carvalho chegou a afirmar durante evento em Brasília que seria uma “honra” atuar tanto na secretaria quanto na campanha.

 

 

 

 

 

Jornal Folha do Rio.