Bruno Silva 'antecipa' ida ao Cruzeiro e já provoca o Galo: 'Vamos atropelar'

11/12/2017 11:12

Volante do Botafogo está próximo de ser anunciado pelo time mineiro

O DIA

Rio - Pretendido por Cruzeiro para a temporada de 2018, o volante Bruno Silva parece ter antecipado o anúncio oficial do time mineiro. Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o jogador do Botafogo revela que "chegou ao Cruzeirão cabuloso" e ainda tira sarro do Atlético-MG, o maior rival do clube. "Vamos atropelar", disse ele.

 

No último sábado, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais, ele deixou explícito o sonho de vestir a camisa da Raposa.


"O pessoal (da família) já me liga e pede camisa (do Cruzeiro). Nem tenho a camisa do Cruzeiro ainda. Se for o Cruzeiro o meu destino, ficarei muito honrado e feliz. Se eu fechar aqui, vocês verão o mesmo Bruno de 2017", declarou o jogador, deixando claro que ainda é necessário um acerto com o Botafogo.

 

LIBERTADORES PESA NA DECISÃO

O volante admitiu que o fato de o time mineiro disputar a Libertadores da América também terá peso importante na hora da decisão: "É um campeonato que joguei pela primeira vez e gostei muito. É um estilo de jogo corrido, pegado. Acho que isso pode pesar muito no final. Sou mineiro, minha vontade é de jogar em Minas, estar perto dos meus irmãos e da minha família. Vamos resolver o que for melhor para todo mundo."

No entanto, o volante ainda precisa de um sim da diretoria do Botafogo, uma vez que tem contrato em vigor até o fim de 2018. Para liberar Bruno Silva, o clube carioca já deixou claro que precisa chegar a um acordo em relação à questão financeira quer jogadores e um valor em troca. Inicialmente, o Glorioso pediu Robinho, Arrascaeta ou Rafinha, nomes que a diretoria do Cruzeiro não liberou.

De acordo com a imprensa gaúcha, o Colorado já dá a batalha como perdida para o Cruzeiro devido à vontade do jogador e procura um outro volante com as mesmas características.

Em relação a reforços, o Botafogo ainda não tem posição final de nomes para o ataque: o clube negocia com Gilberto, Rildo e Bergson, mas enfrenta a concorrência de outros clubes do Brasil e do exterior.